domingo, maio 27, 2007

Em greve!

Temos um governo de esquerda que governa como se fosse de direita.
Temos um primeiro ministro capaz de praticar falcatruas inqualificáveis com coisas tão simples como um diploma. O que será ele capaz de fazer com coisas mais complicadas? O que anda ele a fazer com os negócios do país?
Temos um presidente da república incapaz de produzir uma ideia, de ter um gesto que nos dê alguma esperança, de tomar uma atitude em nossa defesa perante os desmandos totalitaristas do governo.
Temos ministros incapazes que, de cada vez que abrem a boca em público, mostram a qualidade das decisões que tomam.
Temos uma assembleia da república com uma maioria absoluta que obedece ao governo de forma canina.
Estamos entregues a nós próprios.
As instituições do poder estão coniventes umas com as outras e defendem não se sabe o quê. Sabe-se apenas que não defendem os direitos de quem trabalha, bem antes pelo contrário. Assistimos diáriamente à transformação da nossa democracia num monte de esterco por acção de uma classe política vendida e nítidamente ao serviço de interesses que não são os nossos.
O país está mais uma vez a saque e as patorras que o saqueiam querem também tapar-nos a boca, os olhos e os ouvidos.
Ou ficamos a assistir a tudo isto impávidos e serenos como ovelhas num redil ou tentamos marcar posição e mostrar a esta gentalha que não podem mandar em nós como se fôssemos coisas amorfas e sem vontade.
Será pouco o que podemos fazer. Mas será muito menos se o fizermos sozinhos.
A solução está numa atitude global. Se muitos de nós aderirem à greve geral o pouco que podemos fazer ter-se-à transformado em algo muito maior.
Eu faço greve.
Não fiques a lamentar-te num canto, adere também.
Vamos mostrar ao governo o nosso descontentamento e a nossa força.
Dia 30 estamos em GREVE!

Informações sobre a greve Geral em http://www.cgtp.pt/grevegeral/index.php?option=com_content&task=view&id=2&Itemid=4