quarta-feira, junho 20, 2007

Fé no manualzinho

O mundo parece-me mais ordenado quando o olho através de um manual escolar.
As coisas todas tão arrumadinhas nas páginas que se enfiam na lombada como prateleiras infalíveis e poderosas. A história contada em perfeita sequência cronológica, os acontecimentos enfiados como missangas num inquebrável fio narrativo.
O mundo assim mostrado não só faz todo o sentido como se apresenta capaz de resistir às tentações malignas que o fazem oscilar no eixo de rotação, ameaçando a próxima translacção com os horrores de tempestades impossíveis e divindades balofas, ainda por inventar.
Dêem-me um manual escolar, um ideal pintadinho com as cores primárias, ofereçam-me um herói de fato-e-gravata que me ajude a acreditar na bondade dos bonecos que ilustram as notícias que me chegam nos mass media.
Eu quero ser capaz de ter fé em alguma coisa que permita à esperança ser a última coisa a morrer. Eu quero ter fé em alguma coisa que torne a esperança esperança imortal!
Eu quero ter fé no Ser Humano... mas está difícil, caraças, está mesmo complicado!
Vou folhear outra vez o meu manualzinho. Lá está tudo tão arrumadinho!

5 comentários:

Anónimo disse...

Hoje acordei com o pensamento de que "Os registos estão a ser mais importantes que os actos".
Tentei todo o dia, convencer-me de que não é assim. Em vão.

Se a consulta ao manualzinho te ajudar, diz. (eu tambem estou a precisar)
Beijos
Alice R.

Anónimo disse...

até parece uma oração! e das mais bonitas, por sinal!
rega sempre a tua esperança, não a deixes morrer mesmo, por favor! ela não merece!e, no fundo, o ser humano também não! não sei se pega de estaca mas se eu puder passar te um bocadinho da minha com sucesso, ficarei muito contente!
um beijinho da guida

Lord Broken Pottery disse...

Silvares,
Peça logo dois, eu fico com um. O seu texto me fez lembrar um compositor e cantor que tínhamos, o Cazuza. Era um sujeito meio louco, inteligentíssimo, excelente poeta, morreu de AIDS. Em uma de suas músicas gritava: Ideologia, eu quero uma pra viver!
Grande abraço

Silvares disse...

Alice (bons olhos te vejam!) o manualzinho tem o condão de refrescar as ideias. É uma brincadeira mas pode resultar, se tu quiseres que resulte!
:-)

Guida, na verdade eu acredito que a "coisa" pode sempre melhorar (pra pior já basta assim!) mas anda difícil. Nesta altura do ano há sempre uma certa dificuldade em manter a sanidade mental a 100%.

Lord, sem ideologia não Ser Humano que aguente. Sem ideologia só vive o ser humano.
Abraço.

Célia disse...

Era tão mais fáil se tudo fosse "manualizável", mas e depois onde ficava o inesperado?...