domingo, abril 15, 2007

Diabita

Ontem vi este filme em DVD. O que mais me intrigou foi o facto de um filme baseado num conto (ou será romance?) de uma senhora, sobre um universo (quase 100% feminino), com um elenco onde a stars são elas, com argumento e diálogos escritos por outra mulher é realizado por... um homem! Um pequeno mistério que talvez explique a falta de fulgor de toda a coisa.
Na verdade trata-se de um objecto industrial, daqueles que têm a alma empacotada e com garantia de, pelo menos, 2 anos.
Meryl Streep lá vai tentando conferir alguma espessura à sua personagem mas não consegue sair-se muito bem, talvez porque dali não há saída possível. Se é ela o tal diabo vestido de Prada convenhamos que não passa de um diabito pouco assustador.
Em suma, um filmezinho medíocre em jeito de comédia romântica mas sem par amoroso que se veja. Com um elenco pobrezinho mas muito figurino giraço ou não fosse a trama passar-se no mundo da moda.
A ver caso não haja nada melhor para fazer, o que deve ser difícil.

2 comentários:

Eduardo P.L. disse...

Obrigado, Silvares, este, pela sua crítica, não me pega!

fada*do*lar disse...

Bolas! No outro dia também vi este filmeco no computador.
Arght!... do pior! Medíocre, exactamente como o defines.
A arte de construir um filme onde do princípio ao fim NÃO ACONTECE RIGOROSAMENTE NADA! Nem a Streep nem os vestidos Prada (aleluia!) salvam a coisa. >:(