sexta-feira, junho 18, 2010

Homenagem póstuma


O Amoroso
(na sombra de um pilar)
desenho concluído em 15 de Novembro de 2009



Inscrição no verso


Na verdade, após ter concretizado este desenho (que começou por ser um "Chapeleiro Louco"), saíu uma longa entrevista na Pública (que não li) com a senhora Pilar del Rio, a amorosa do gajo que dá a cabeça deste meu amoroso.


José Saramago faleceu esta tarde. Plácidamente, ao que consta. Paz ao que dele restar (duvido que seja uma alma, já que ele não acreditava nessas coisas).

6 comentários:

expressodalinha disse...

É, em todo o caso, uma perda. Paz ao seu corpo.

Eduardo P.L disse...

Portugal não soube lê-lo e nem reverencia-lo em vida! Era mais lido no Brasil e na Espanha, onde amam esse escritor da língua portuguesa!
Foi um equivoco e uma pena para Portugal

Chapa disse...

Na minha lista, arranjava uma série deles para partirem à sua frente.

Silvares disse...

Jorge, vão restar cinzas.

Eduardo, hoje todos juram a pés juntos que muito o amavam e admiravam...

Chapa, acredito que essa lista seja imensa...

MUMIA disse...

AIIII...PILAR! solita

Olaio disse...

Espero que o que resta dele e é muito (a sua obra) não tenha calma nenhuma e parta por este mundo afora a incendiar almas!