terça-feira, janeiro 26, 2010

1000 posts


Este é o milésimo post do 100 Cabeças. Pensei bastante sobre o que dizer neste post. Afinal de contas escrever mil posts não é coisa comum (acontece apenas e rigorosamente uma única vez). Talvez pudesse reflectir sobre a essência do blogue ou ir recuperar um ou outro momento mais significativo. O fascínio pelos números redondos obriga uma pessoa a tratar com respeito o "mil". É ou não é verdade? Pensei muito sobre a forma a dar a este post e, agora que escrevi as palavras acima sabendo que irei alinhar mais algumas abaixo, compreendo que está feito. É isto. O post 1000 do 100 Cabeças é sobre si próprio ou seja, reflecte acerca de absolutamente nada.

9 comentários:

Eduardo P.L disse...

Parabéns! Dizer o que mais?
Aqui no 100cabeças quantidade não é o forte, nem uma boa referência. Aqui se prima pela QUALIDADE do que é postado.
Não sei quantos post, destes 1000 eu li, mas sei que muitas dezenas levei para o Varal, pela qualidade dos temas tratados e forma com que foram abordados! O texto do Rui é particularmente pessoal. Ao lado do Jorge Pinheiro, do Expresso da Linha, considero os melhores da blogosfera. Isso não era segredo para quem esta acostumado a ve-los no VARAL.
Desejando que outros 1000 aconteçam oportunamente, abraço o autor com reverência de quem sabe como é difícil manter essa qualidade que só o 100cabeças consegue!

jugioli disse...

works!!!!
mil para coçar a cabeça, eu acho que deu!!!!

bjs

Chapa disse...

Imagina que eram mil postas de cherne. Que grande caldeirada.

luisM disse...

Ah bom, "reflecte acerca de absolutamente nada."

Viva a vacuidade, viva o silêncio ruidoso, vivam as cabeças de vento, viva o mil que é igual a zero, viva a lógica do ilógico, viva tu!

(abaixo eu!)

Oh alegria das palavras sem sentido, felicidade de não pensar...

(e mais não digo, mas achei o remate interessante, até pareces um prof institucionalizado, mas lúcido, é o que vale!)

Eduardo P.L disse...

100cabeças, na ilustração, MOSTRA OS DENTES!!! srsrsr

Silvares disse...

Eduardo, grato pelas palavras de encorajamento. O 100 Cabeças de vez em quando mostra os dentes mas raramente morde.
:-)

Ju, espero que a cabeça aguente bem a coçadela.
:-D

Chapa, para caldeirada de cherne basta o Presidente da Comissão Europeia.


Luis M, convenhamos que a reflexão deste post, sobre o seu próprio conteúdo, não é particularmente brilhante uma vez que reflectir sobre um número "redondo" nos pode levar a discursos algo... redondos? Quanto ao conteúdo global do 100 Cabeças, bom, isso seria outra história, coisa mais complexa. Digo eu.

Lina Faria disse...

Então, lembrando Sherazade,esperemos ansiosos o 1001!

Caçador disse...

Mile não é uma marca de electrodomésticos?

Há uma canção,lembras-te? que fala se um redondo vocábulo, talvez se possa aplicar aqui. Sei lá.

Jo-zéi F. disse...

PARABÉNS!!!
MIL postas...é muita cabeça cortada!
EM FRENTE!!!
0/+