quarta-feira, outubro 24, 2007

A Festa



Andamos a precisar de uma boa festarola. Copos... que digo eu? Garrafões de vinho! Garrafões? Pipos! Pipos de vinho a rolar estrada abaixo e bebedolas a rolar estrada acima, uns atrás dos outros em cantoria desenfreada. Uma banda de gajos corados como tomates a soprarem nos trompetes como se estivesem a precisar de cuspir os pulmões e risos desdentados e mãos grossas de calos de trabalho a segurarem os copos em gestos de graciosidade inesperada. Gestos de amor declarado ao vinho. Cânticos brejeiros, a roçarem a péssima educação e as mulheres a rirem-se de tanta pouca vergonha, com a cabeça deitada para trás na força da gargalhada. Ah, as saudades que já tenho de uma boa festa sem música gravada nem batidas automáticas. Festas sem bom gosto nem poses afectadas nem perfumes caros nem copinhos a arder. E a banda a tocar e os pares rodopiando na poeira do chão, abraçados no furor da dança. Andamos a precisar de nos sentirmos menos europeus de primeira e mais europeus verdadeiros, europeus do Portugal profundo. Felizes de tanta boçalidade e amigos do desvario. Onde andamos nós?

(por acaso a foto que ilustra este post foi tirada em Espanha pelo fotógrafo checo, se não estou em erro, Joseph Koudelka, no ano de 1971. Por acaso somos tão semelhantes... será apenas acaso? Ou será a tal Europa?)

6 comentários:

MUMIA disse...

Vem aí o S.Martinho, pinga nova!

Jo-zéi F. disse...

+++castanhas assadas.
Já agora Rui, como vão as mudanças? confusão total?,ou...

Silvares disse...

Venha a pinga nova que a velha já está a azedar. Tenho a casa sitiada por um bando de trolhas que ora a destroem ora a reconstroem. Já não faltará muito para eu ter, finalmente, um espaço dedicado exclusivamente à pintura. Mais uma ou duas semanas... está quase!

MUMIA disse...

náo há descanço...chiça!!!

jo-zéi disse...

viva o luxo!!! quase atelier novo. Depois destes anos todos já mereces, espero por muitos anos e bons.

Silvares disse...

:-)