terça-feira, fevereiro 24, 2009

Mesmo sendo Carnaval...


A notícia aí está. Um misto de anedota inocente e bocarra de mau gosto, boçal no modo e na intenção, fica na fronteira daquilo que é aceitável em época de Carnaval.

A Polícia de Segurança Pública, vulgo PSP, fez uma apreensão notável. Foi em Braga, terra de arcebispos e padres bombistas elevados a heróis nacionais, cidade onde o Libertino passeou o seu esplendor, Braga "A Idolátrica", foi ali, na impoluta capital do Minho, que a PSP apreendeu meia-dúzia de exemplares de um livro que teria na capa "A Origem do Mundo", pintura de Gustave Courbet, emérito artista francês do século XIX, tido como principal representante da corrente designada por Realismo.

Um bracarense menos crescido, tanto cultural quanto politicamente, exigiu que os exemplares que exibiam a tenebrosa tela na capa, fossem imediatamente retirados do campo de visão público. Perante a recusa dos organizadores do evento, o dito guardião da moral foi-se queixar para a esquadra da polícia. A PSP, lenta ou omissa em tantas ocasiões que por vezes até nos esquecemos que é um corpo policial, viu aqui oportunidade para resgatar a sua imagem e avançou pela Feira do Livro em Saldo, a decorrer na Praça da República até ao próximo dia 8 de Março, para resgatar a decência e a moral católica. Sem tremor nem sombra de dúvida (nem mandato judicial) 3 polícias confiscaram os livros em causa com o argumento de se tratar de pornografia exposta em local público. Ora, todos sabemos que isso não pode ser. Pornografia em quiosques de venda de jornais ainda vá que não vá, mas numa Feira do Livro é perversão!

Mesmo sendo Carnaval esta história é mesmo de mau gosto. Basta um parvalhão qualquer torcer o nariz a uma capa de livro para esse livro ser censurado, retirado de circulação e aqueles que o tentam vender ou comprar serem humilhados publicamente? Que porcaria é esta?

Os exemplos de censura merdosa e mesquinha, originada pela ignorância boçal das autoridades, surgem de vez em quando para nos recordarem que o poder é exercido por seres com muitas limitações, seres exactamente como nós (ou talvez nem tanto) e que precisam, também eles, de ser metidos na ordem. Estes polícias deviam ser castigados pela sua ignorância estupidificante. Como mostram uma falta de cultura que envergonha muitos ignorantes por esse país fora, os polícias envolvidos nesta anedota de mau gosto deveriam ser obrigados a frequentar um curso intensivo de História da Arte do século XIX. Talvez perante uma Vénus de Antonio Canova se sentissem mais sossegados e pudessem compreender a atitude arrasadora de Courbet ao pintar "A Origem do Mundo".
Já depois de ter publicado este post chegaram notícias frescas sobre o desenrolar do "caso". Ler aqui e também aqui para saborear a delícia de tanta bondade revestida com estupidez caramelizada. Um bom-bom de portugalidade pura! Purinha mesmo, como só a Santa Maria.

13 comentários:

Jo-zéi F. disse...

as Boas Influências SALAZARENTAS!!!
Ficaram Entranhadas, nestas mentes tacanhas e merdosas.
GRRRRR!!!

Silvares disse...

Nem isso. Parece-me mais que é a santa ignorância herdada do Botas mas sem a malícia da maldade. Apenas com a malícia da estupidez natural.

Jo-zéi F. disse...

sim, mas acho que já vem mais de trás.
As pessoas não nascem estupidas...
moldam-nas.

disse...

Silvares...Por pura coincidência estávamos em Paris por ocasião da chegada da tela de Courbet ao Museu D'Orsay.
Não sei precisar o ano mas bem recente...Foi impressionante ver a reação de pessoas que se alinhavam à frente do quadro, por muitos momentos examinando cada detalhe com expressões de pura incredulidade.Público de museu, geralmente esclarecido e "open minded" para tudo o que é considerado arte. Mesmo assim alguns dos comentários pareciam saídos de livros de uma época onde se caçavam bruxas.
Nada a ver com o cofisco destes livros que já é condenável pelo simples fato em si,e também acho que pouco a ver com ter acontecido em Portugal ou com a ignorâcia dos policias envolvidos.Uma hipocrisia quase universal, com raras excessões,que acho eu está longe de ser extirpada especialmente dependendo dos interesses envolvidos.
Fugindo um pouco do tema... fui assistir ao filme Milk a semana passada...A parte o quão bom pode ser, poucas coisas tem me impressionado tanto quanto constatar que toda aquela discriminação e desrespeito as tão vulneráveis liberdades e direitos humanos, é tão recente.Não sei porque mas pensei que tudo tivessese se passado nos anos 50 ou 60 mas não... anos 70 quase 80 quer dizer, ontem... ou melhor... hoje, basta ter ouvido o agradecimento e visto a emoção e lágrimas do jovem roteirista do filme,que vive esta triste realidade, ao receber seu Oscar. Falso puritanismo e hipocrisia...bombas sempre a espreitar!.

Eduardo P.L disse...

Silvares,

mais uma, das boas, anedotas que entram para a história!
Uma boa piada!

Eduardo P.L disse...

Em tempo:
se quiseres tirar a barra de denúncia aí do topo da página do blogger para evitar uma denúncia por ter postado a foto da obra no museu, eu sei como fazer. Me peça!

Essas denúncias do blogger são outras piadas!

Ogre disse...

Meu, tenho uma proposta a fazer-te. Lembras-te da velha e boa "Gina"?
Ajuda-me a encontrar um exemplar para eu pôr no Blogre. A "Tânia" também dá, embora seja mais nova.
Abraço.

Silvares disse...

Ví, é verdade. É espantosa a forma como afinal o tempo em que as coisas se passaram não é tão longe quanto pensamos. O nosso mundo não é assim tão antigo, quando falamos de direitos humanos. Longe disso. É jovem e inconsciente.

Eduardo, essa anedota tem dado bastante que falar. Essa outra coisinha de que está a falar... pode me enviar um e-mail?
Agradeço.

Ogre, a Gina os polícias conhecem decerto. Uma coisa dessas não traria mal ao mundo! Nem á sua origem...

expressodalinha disse...

Não achas que está a começar a haver muitos "enganos"?

Silvares disse...

Também me parece!

peri s.c. disse...

Então ainda há gente zelando pela " moral e bons costumes" ?

Conceição Duarte disse...

Isso ja deu tanto o que falar, que estou quase apanhando por continuar nesta história... Logo, se eu for sequestrada, já sabem que foi por Coubert!

rsrrsrsrs

Falei disso no meu blog por duas vezes.... Hoje e em outro título que uso a CHina... Horrível!

Bjs

Conceição Duarte disse...

Isso ja deu tanto o que falar, que estou quase apanhando por continuar nesta história... Logo, se eu for sequestrada, já sabem que foi por Coubert!

rsrrsrsrs

Falei disso no meu blog por duas vezes.... Hoje e em outro título que uso a CHina... Horrível!

Bjs