domingo, junho 01, 2008

Histeria sonhadora


Eu até sou um fã de futebol. A Selecção Nacional faz-me sentar em frente à TV nem que jogue contra o Merdiquistão e, apesar de não ter posto uma bandeirola no estendal quando foi o Euro cá na nossa terra, fico sempre emocionado quando aqueles palermóides dos nossos jogadores cantam o hino nacional nos momentos que antecedem o jogo. Sentimentalismo...

Mas o que se está a passar com a dita selecção nestes dias que antecedem o início do presente europeu é demasiado. Que seca!

Os jogadores são tratados como algo que não são (não sei o quê, apenas sei que ninguém merece ser tratado desta forma). Há programas que nos mostram a forma como se sentam na sanita, como apertam a camisa ou gostam de passar as tardes em que não fazem nada. Os telejornais abrem todos com imagens em directo que mostram o povo aos pinotes e aos gritos, à beira da histeria por... nada!

Esta tarde o presidente da República recebeu os matraquilhos e a "cerimónia" (sem o mínimo interesse) passou em directo e em simultâneo nos 3 canais ditos generalistas. O discurso de Cavaco lá saíu, rouco e sem brilho, em dia internacional da criança e não se fala de outra coisa. O resto do mundo deixou de ter interesse. O governo respira de alívio e até Manuel Pinho se sente mais à vontade para as suas tiradas que lhe valeram o título de maior pedaço-de-asno do mês de Maio.

Tudo gira à volta dos chamados Viriatos, os nossos meninos, os craques, os maiores do mundo! Desta vez bastaria que fossem os maiores da Europa mas, com tanta barulheira e histeria e desespero em volta dos catraios, tenho cá a impressão que quando for preciso jogar a sério eles vão sentir mais vontade de chorar que de pontapear a chincha.

Os pescadores algarvios desfilam com bandeiras negras, há marchas contra a fome, o país vai desabando devagarinho mas, o que importa tudo isso comparado com os jogadores de futebol a estrearem os fatinhos novos e a entrarem no autocarro e a saírem do autocarro e a entrarem no avião e,momento alto, o avião a descolar rumo à Suiça?

Lá vão eles. Os nossos sonhos. Por cá fica a dura realidade. À espera...

7 comentários:

Carlos disse...

É a vergonha de Portugal, com a crise económica que paira e esta gente a festejar e a incentivar quem vive para lá de bem, com bons carros e ordenados milionários!Povo miserável, pois quando é necessário manifestar sobre algo ninguém se mexe, mas para apoiar alguém que está melhor que nós na vida já lá estão!!!Nem que me pagassem... Quanto às Tv's, é asfixiante esta enormissima importância dada a este evento, para não falar dos programas "extra" sobre a vida privada deste ou daquele crack de futebol, etc. Em relação ao Sr Presidente, já estamos habituados a este tipo de atitudes,portanto nada de novo. pois afinal quem se deve rir mais neste tipo de eventos são os nossos governantes, pois enquanto uns festejam, outros aumentam os impostos!Deprimente este País!

Silvares disse...

Carlos, este é o nosso fado. Mas é nosso. Por isso é deprimente, é fado! Mas há qualquer coisa especial nesta história. Só não sei bem o que é.

jo-zéi disse...

Para mim a Selecção nem vai chegar aos quartos de final.
Vai ser uma decepção!Tistes figuras! SÓ ESPETÁCULO!!!(degradante).

jo-zéi disse...

Só "Tristes" Figuras!

Jornal da Anselmo disse...

Isso já é futurologia. O futebol é uma coisa estranha.

Olaio disse...

O jornal da Noite da SIC anunciou ontem um importante exclusivo: as imagens, captadas por um telefone satélite, do interior do avião que levou a selecção à Suíça. Ver os jogadores a recostarem-se nos cadeirões da classe executiva era um acto enternecedor e a informação que faltava aos portugueses para se aperceberem da grandiosidade dos feitos que esperam a equipa de Portugal. Já conhecíamos todos os cantos dos quartos de hotel, os gostos pessoais de cada um, já tínhamos ouvido as múltiplas piadas parvas que cada jogador consegue proferir, as inúmeras namoradas do Ronaldo e o local onde Petit compra as meias. Mas nunca os tínhamos visto no avião, não há duvida, foi um momento único na televisão portuguesa que não hei-de esquecer tão depressa. Bem-haja Pinto Balsemão, que Deus te guarde um lugarzinho no Céu

Silvares disse...

Realmete as imagens do telemóvel podiam ser melhorzinhas. Até porque a TVI mostrou hoje imagens filmadas... com uma câmara de TV. Enfim, directos e exclusivos da televisão nacional.
:-)