sábado, dezembro 27, 2008

Passeando



Insula Dulcamara, 1938

9 comentários:

Miguel Barroso disse...

Klee...sim sim.




Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

disse...

e que passeio...;-}

Eduardo P.L disse...

Grande definição!
Simples como APARENTEMENTE é sua obra!

expressodalinha disse...

Não podia ser "que foi dar uma curva"?

MUMIA disse...

simplesmente GENIAL!
belos e grandiosos passeios.

>.=

Silvares disse...

Miguel, cli-cli!

Ví, vamos a qualquer lado se formos atrás de um ponto que passeia...

Eduardo, gosto destas frases ditas por pintores. Por vezes encontramos ideias que nos podem ajudar a abrir as gavetinhas mais pequenas, onde se escondem segredinhos bem guardados...

Jorge, há passeios em linha recta!
:-D

MUMIA, este Klee era um gajo fixe. Sem dúvida.

Cristina disse...

Que giro, Rui. Li a frase hoje (no mesmo sítio que tu, lol) e fiquei a pensar nela o dia inteiro... Porque comparei com a forma como falamos em pontos, linhas, rectas, curvas, do ponto de vista matemático, e afinal, é tão simples...

Beijinhos e bom ano :))

Cristina Loureiro dos Santos

Alice Salles disse...

Genial!

Silvares disse...

Cristina, Alice, esta frase tem a beleza das coisas simples.