terça-feira, dezembro 16, 2008

Entrevista


O Beto Canales, do Blogue Cinema e Bobagens, honrou-me com uma entrevista que publicou no 3:AM Magazine Brasil. Não querendo parecer demasiado orgulhoso (dizem que a humildade é uma qualidade mas não tenho a certeza que seja sempre assim) convido-te, caro leitor, a experimentares uma vista de olhos.

Durante vários dias recebi e-mails do Beto com questões às quais fui respondendo. O resultado é essa entrevista. Na minha óptica é um longo post escrito a duas mãos (a 4 mãos, melhor dizendo) em Português dos dois lados do Atlântico.

O Beto diz que gostou do resultado. Eu também me sinto satisfeito. Espero que tu possas chegar à mesma conclusão. Ou então não. Seja como for, a experiência foi positiva para os que a levaram a cabo.

12 comentários:

Eduardo P.L disse...

Silvares e Beto: PARABÉNS! O que dizer a mais do que a oportuna iniciativa do Beto ( parabéns pelos seus blogs, que não conhecia) e pelas lúcidas e apropriadas respostas do intrevistado!
Um forte anbraço aos dois!

roserouge disse...

Caro colega blogueiro senhor doutor engenheiro arquitecto professor Rui Silvares, queira, respeitosamente, receber a minha mais profunda vénia e muitas palminhas, clap clap clap clap!!! Parabéns, pequeno, assim mesmo é que é! Abraço.

Silvares disse...

Eduardo, obrigado pelo comentário. O Beto tem coisas para dizer e não hesita dizê-las...

Roserouge, ainda vou corar de vergonha (sou muito tímido... às vezes).

disse...

Silvares...hoje aqui me senti sentada em sua sala de aula...que privilégio!
Nada mais complexo do que o conceito do que é arte...muitas as classes que frequentei tentando entender nas palavras de tantos professores com discurssos mais complicados do que o conceito em sí...Hoje ...cheguei lá.Parabéns e obrigada pela sua clareza e objetividade...entendo como suas aulas devem ser concorridas...naõ me canso de dizer...és brilhante...e não cores!!!Deves bem estar acostumado a elogios!!!
Abraço.

Alice Salles disse...

Acho que você deveria ser entrevistado mais vezes! É um prazer poder conhece-lo cada vez mais, (como a roserogue falou) caro amigo blogueiro e mais do que tudo, pensador!

Claire disse...

Então Silvares porque não haverias de estar orgulho! Li a entrevista e claro tive vontade de contestar, de dar palpites, devem de ser bem acesas as conversas contigo! e tenho de fugir porque se me perco a tentar escrever a pintura fica com ciúmes. Gostei imenso de ler e fiquei com os neurónios a magicar, gracias e beijinho

peri s.c. disse...

Parabéns à dupla. Ao Beto pela idéia e pela prática da mesma, e a você pelas ótimas respostas , distantes dos " hermetismos" tradicionais quando da discussão das artes.

Anónimo disse...

Parabéns aos dois.
Abraços
Pérsio.

Jana disse...

Rui, achei genial.
"Arte sem povão é mais masturbação" e a alusão aos umbigos me levou a virar sua fã.
Levo comigo teu linque.
Parabéns mesmo. Para os dois.
:)

estudio11 disse...

Muito bom seu blog
que legal , fiquei sabendo que e arquiteto, ainda estou estudando para ser,


conheça nosso blog
http://estudio11.blogspot.com/

Silvares disse...

Ví, estraga-me com mimos.

Alice, blogar é pensar.

Claire, grato pela visita. As minhas opiniões sao discutíveis, pois com certeza. Gosto de uma boa discussão!
:-)

Peri, quando andava na escola de Belas-Artes, História da Arte era uma das disciplinas de que menos gostava. Só quando me tornei professor de artes e me foi entregue a responsabilidade pelas aulas de História (que mais ninguém queria por ser tão... hermética:-) é que descobri que, afinal, aquele universo era muito mais brilhante do que me tinham mostrado. Foi (é) paixão para toda a vida!

Pérsio, obrigado. O Beto também agradece, é evidente!

Jana, fico muito contente.

"Estudio 11", essa de me chamar arquitecto é brincadeira da Roserouge. Na verdade fiz o curso de Pintura. Boa sorte nos teus estudos.

peri s.c. disse...

Silvares
Também nunca tive muita paciência para História da(s) Arte(s).
O que devia ser prazer era uma nebulosa torrente de informações desinteressants.