terça-feira, agosto 26, 2008

Em defesa do Grande Blogger


Já começa a chatear esta conversa sobre a questão do problema que afectou o 100 Cabeças aqui há uns dias atrás.

No entanto queria deixar uma forte palavra de agradecimento a esse Grande Blogger, o génio no écrã, que tão prontamente respondeu às minhas preces.

Temos de reconhecer a dificuldade em manter aberto e a funcionar em condições aceitáveis um universo tão vasto e complexo como é este, do Blogger, em que nos movemos e quase existimos.

Deus (que é Deus) não está tão atento ao resultado da sua criação quanto está o Grande Blogger. A rapidez com que foi reposto o livre acesso a este Blogue permite-nos acreditar que há uma possibilidade de justiça no mundo virtual. Uma justiça mais rápida e eficaz do que aquela que temos à nossa disposição no mundo real, onde um vigarista engravatado passa com muito maior facilidade pelo buraco de uma agulha que qualquer outro camelo, ao contrário do que nos foi prometido no texto bíblico.

É evidente que as coisas são imperfeitas, que nos confrontamos com problemas que nem sequer havíamos imaginado, mas, uma vez dado o alerta, constatamos que fazemos parte de uma vastíssima comunidade com uma capacidade solidária absolutamente extraordinária! Quando um de nós está "ferido" logo surgem dezenas de amigos e conhecidos que trazem consigo centenas de desconhecidos, prontos a fazer o que for necessário para que os nossos ferimentos sarem com a maior rapidez possível. Isto, no mundo virtual, significa pouco esforço, eu sei, precisamente porque se trata de um esforço virtual. Mas sabe bem!

Neste universo a nossa existência não é garantida através da respiração. Aqui o que importa não é a quantidade de oxigénio mas sim a quantidade de liberdade de expressão. É isso que nos traz aqui e por aqui nos mantém. A ilusão de um espaço onde as nossas palvras ecoem livremente e sem constrangimentos.

É por isso que devemos bater-nos, pela manutenção de uma liberdade absoluta neste espaço que (virtualmente) ocupamos. Devemos bater-nos pela liberdade que não conseguimos fazer valer no mundo real. Devemos bater-nos pela solidariedade que não alcançamos nas ruas da cidade, pelo respeito mútuo que nos é recusado por todos os sacanas mentirosos que nos sorriem e logo nos passam a perna na primeira oportunidade.

Não podemos desistir deste universo.

Se as coisas nos correm mal podemos pensar em mudar de poiso, procurar outro lugar. Mas os problemas irão surgir de novo, outro demónio, até aí desconhecido, irá surgir para nos infernizar a renovada existência.

Daí que seja importante mantermos o passo no caminho que trilhamos. Se aparecer algum demónio cá estaremos para lhe fazer frente e demonstrarmos que é a liberdade de expressão o que prezamos acima de tudo neste universo.

Por mim estou com o Grande Blogger. Penso que ele fará justiça sempre que formos capazes de lhe mostrar que ela é necessária.

Posso estar enganado. No dia em que chegar a essa conclusão (que fui enganado) então poderei ponderar a possibilidade de me mudar para outro universo. Nos tempos que correm acredito no Grande Blogger. Por razões óbvias.

19 comentários:

Luma disse...

Silvares, assim mesmo que tens que pensar. Quem sinalizou não o fez uma única vez e os "robozinhos" detectaram as ocorrências. Aquela página de entrada que apareceu antes do acesso ao blogue, foi uma "chamada na diretoria". Fez o correto, que foi entrar em contato com o blogger team para se defender.
Mas veja como as pessoas possuem visões diferentes de um mesmo problema.
Quando o Eduardo foi no blogue falar do que aconteceu com você, eu retornei ao Grupo do Blogger, para saber se a sua reclamação poderia ser adicionada a minha.
Da última vez que lá estive, deixei um agradecimento pela resolução do meu problema. Afinal, foram ligeiros e não sabemos quando precisar deles novamente, não é? Temos a plataforma gratuita e ainda por cima um time de feras disponíveis para nos atender, temos mais é que agradecer. Errado é quem faz mal uso do "sinalizador".
Desculpe, o comentário grande, mas vamos continuar.
Chegando lá tinha um comentário no tópico que abri. Um outro blogueiro insatisfeito porque a meses está "censurado". Só que ele se voltou contra mim, porque viu que o meu pedido tinha sido prontamente atendido. Ele reclamava com palavras de baixo calão, se referindo a minha pessoa como a santinha, boazinha, a bem assistida...(ele falou o inverso disso e nao vou colocar aqui) enfim, um homem louco.
Eu respondi no mesmo tópico, que estava ofendida e ele deveria ter mais respeito. Sabe qual a reação dele? Foi no blogue e deixou um comentário horroroso. Se quiser ler está lá.
Não vou deletar o comentário, para não dar armas à ele. E como disse no começo do comentário, cada pessoa reage de uma maneira. Com gentileza, calma e elegância conseguimos tudo, não?

roserouge disse...

Boa, boa! Foi bonito, esta manifestação de solidariedade, não foi? Estive quase para te sugerir para pores no ar aquela música dos Mão Morta, "Oubelá"...mas com a versão dos Balla, percebe-se melhor o português...

Thihauanaco disse...

Silvares. Tenho lido e gostado de teu blog. Pensei em colocá-lo na minha listagem dentro do Cinema e Bobagens? Me autoriza? Caso queira, mas uma coisa independe da outra, podes colocar o meu.
Não precisa publicar este comentário, já que em sua essência não é um comentário.
ABRAÇÃO,
Beto.

Silvares disse...

Luma, eu li esse comentário que referes. Levado pela curiosidade visitei o Blogue desse senhor que tão rudemente te tratou. É um blogue "peitudo", repleto de palavras fortes e contundentes, de alguém que foge em frente e que tem uma visão algo angustiada e violenta do mundo em volta. E tem o tal "cão" a guardar a porta. Mas é a visão dele. Tem esse direito. Tens toda a razão para te sentires ofendida (Se fosse comigo teria reagido de forma bruta, decerto) mas o tal blogueiro está tão convicto da supremacia da sua visão que se sente capaz de disparar em todos os sentidos, atingindo quem calha. Não concordo com a forma algo terrorista como ele age mas, neste universo virtual, há lugar para todo o tipo de seres.
Diz o povo que "os cães ladram e a caravana passa". Deixa-o ladrar e vai passando. Com gentileza, calma e elegância.
:-)

Roserouge, Assim como assim acho que agora o Oube Lá é um pouco "desmasiado". Regresso ao tom morno do Verão após toda esta excitação.
Caramba, versejei!

Beto, estás à vontade. Quanto aos comentários, aqui no 100 Cabeças (e em muitos outros blogues-no teu também) são os que os escrevem que os publicam.
:-)
Não tenho o hábito de apagar comentários. Até hoje nunca aconteceu...

Thihauanaco disse...

Ótimo amigo. Já está lá o 100 cabeças.

expressodalinha disse...

Belo manifesto. Começo a ter dúvidas se a Tertúlia não deveria ser sobre o Grande Blogger.

roserouge disse...

Podíamos fundar uma seita religiosa. Construir-lhe uma igreja, sei lá. Reuníamo-nos lá aos sábados à noite, prá "missa" das onze, levávamos uns croquetes e umas bojecas, fazíamos-lhe umas oferendas, uns sacrifícios ou assim, uma colecta pelos presentes, umas oraçõezinhas e podia ser que ficássemos abençoados e protegidos for ever and ever. Vale?

expressodalinha disse...

Under the Blogger?

Gp disse...

Caro Silvares,

na certeza de que gostaria (e muito) de visitar a sua exposição retrospectiva na Contagiarte (o que não poderei fazer, em princípio, por viver em Lisboa e ter uma escassa e, infelizmente, fraca ligação à Invicta), aproveito esta caixa de comentários para deixar um convite: revisite o Pressao-alta (pressao-alta.blogspot.com), que o debate está de novo aceso, e temos rúbricas novas que gostaríamos de partilhar com os nossos (antigos) leitores habituais.

Espero que não considere este convite um abuso, mas não encontrei outro meio para lhe fazer chegar estas palavras.

E o Silvares era um leitor que só fazia (e fará) bem à nossa casa.

Que corra tudo bem na Comunicarte! Continuarei a visitar esta sua morada virtual.

Fica o abraço virtual,

Guilherme Pires

Eduardo P L disse...

Silvares,

os comentários ( todos) deste post estão uma DELICIA. Tomara cada postagem gerasse uma série de comentários deste nível.
Tenho alguns ha fazer:
Grande sacada a sua ( irônica, em primeiro grau!)de agradecer por tudo o que ocorreu, e redobrar sua fé ( até agora) inabalável ao GRANDE BLOGGER.
A propota da Jorge de um dia tratarmos do GRANDE BLOGGER na Tertúlia é uma boa idéia.Acontece que a próxima dia 15 de Setembro, temos mais um problemazinho a enfrentar: u´a mãe aflita com o coma da filha, há anos, marcou uma postagem COLETIVA para a mesma data.Acontece que muitos dos nossos amigos virtuais são amigos e participarão da COLETIVA a favor da menina FLÀVIA. Já lamentei no blog da Isabel, a infeliz coincidêcia de datas, mas nada podemos fazer para mudar essa situação. Neste caso me ocorreu que talvez neste 15 de Setembro poderiamos adotar como tema SOLIDARIEDADE, e quem dentro dele quisesse falar a favor da Flávia estaria participando da TERTÚLIA e da COLETIVA ao mesmo tempo! SOMAR, e ser SOLIDÁRIO é uma das nossas funções aqui sob a tutela do gRANDE BLOGGER! Deixo minhas dúvidas e sugestão, para ouvir meus pares de CREDO!

Forte abraço

PS- Vou lá ver o que escreveu o LOUCO contra a LUMA, e conhecer seu blog CENSURADO!

Eduardo P L disse...

Silvares,

quanto ao assunto DESAGRADAVEL do blog da LUMA, endosso suas palavras! Tanto quanto à atitude como quanto ao blog do sujeito da ação!
Este seu post foi parar no Drops!

http://dropsazulaniss.blogspot.com/2008/08/100cabeas-em-defesa-do-grande-blogger.html

Abçs

Silvares disse...

Beto, vou retribuir.
:-)

Jorge, como o Eduardo já sugeriu, a próxima Tertúlia tem fortes probabilidades de ser sobre Solidariedade. O Grande Blogger vai ficar por aí e poderemos "tertuliar" sobre Ele quando quisermos. Fica em lista de espera. O que achas?

Roserouge, missa com croquete e bujeca é uma ideia a não perder de vista. Uma celebração desse género ia atrair muitos fiéis, não tenhamos dúvidas...

Guilherme, seja bem aparecido! O Pressão Alta perdeu um pouco de... pressão aqui há uns meses atrás e, gradualmente, deixei de por lá passar. É com prazer que recebo a notícia da sua (re)abertura. Gosto sempre de falar sobre futebol e não há muitas oportunidades para o fazer.
Vou voltar a aparecer.

Eduardo, na resposta ao comentário do Jorge aí mais acima, já manifestei a minha opinião quanto aos temas da Tertúlia. Mas você e o Jorge é que são as divindades desse universo particular que é a Tertúlia Virtual. Assim sendo as vossas decisões são sempre sábias e respeitadas :-) Aliás é essa a minha opinião para a sua proposta do tema da Solidariedade, uma proposta sábia e respeitável!
Aquele tal blogueiro é fogo mesmo!!!

Thihauanaco disse...

Como se diz por estes pagos: to grandão.

Obrigado, amigo.

Um detalhe: alguns comentários deixados no 100 são extraordinários tbm.

Abração.

expressodalinha disse...

Acho uma boa o tema ser Solidariedade e juntar as duas perspectivas. Eduardo, como sempre e inteligente... e solidário!

Silvares disse...

Beto, to grandão também. Disse bem?

Jorge, nem mais nem menos!

Thihauanaco disse...

É verdade Silvares... hehe

Áté mais

Beto.

chicoelho disse...

Acredito que nada acontece por acaso,um fato tão lamentavel como essa censura,acabou mostrando o quanto de soliedariedade temos no mundo da blogosfera.

Abç

Silvares disse...

Completamente de acordo.

Claire disse...

Olá Silvares, a Sara www.velhadaldeia.blogspot.com esta com problemas, dei-lhe o teu link, beijinho