terça-feira, novembro 28, 2006

1 ano


Max Ernst (French, born Germany, 1891–1976)The Blessed Virgin Chastises the Infant Jesus Before Three Witnesses: A.B., P.E. and the Artist, 1926Oil on canvas; 77 1/4 x 51 1/4 in. (196 x 130 cm)Museum Ludwig, Köln

Faz hoje precisamente 1 ano que dei início ao 100 CABEÇAS.
No início não sabia muito bem o que isto iria ser.
Hoje, 232 posts depois com este incluído, continuo mais ou menos na mesma embora tenha mais umas ideias sobre o alcance da coisa que é próximo do centímetro e meio.
A vontade de continuar é inversamente proporcional à necessidade de ir ali e voltar num instantinho que o arroz está quase pronto.
Ao longo deste ano morreu muita gente e nasceu muita criança, embora as notícias continuem a falar mais dos que se vão que daqueles que chegam, embora o contrário mostrasse mais saúde mas muito menos interesse.
Resumindo e concluindo: o 100 CABEÇAS está por estes lados, mais ou menos diariamente, mais ou menos interessante ou pedante ou arquejante, mas está. No dia em que deixar de estar será motivo para perguntar "O que se passa?".
A pergunta anterior é vivamente recomendada a todo e qualquer momento que se mostre à esquina da rua um rabo de gato a contorcer-se naquele seu jeito sedutor e hipnótico. O gato pode não estar escondido mas o mais provável é que queira passar despercebido.
Feliz desaniversário 100 CABEÇAS!

4 comentários:

ana gouveia disse...

Espero não perguntar nunca "o que se passa ". Bem basta quando vais de férias ou coisa parecida.É que dos favoritos ,este é o meu favorito e venho aqui espreitar todos os dias.Pedante,arquejante ou pouco interessante??? Tás malucóquê ? Chega até a ser reconfortante saber que AINDA há alguém a pensar ( e a escrever, cada vez melhor ) como tu. Obrigadinha Rui e deixa lá o arroz.
Ana Gouveia

Cristina Loureiro dos Santos disse...

Feliz aniversário!!!
Nada de desaniversário ;)
Adoro o teu blog!
Espero continuar a visitar o 100cabeças com o prazer com que o faço desde que o conheço :)

Olaio disse...

Parabéns ao petiz cabeçudo. Que contes muitos mais milhares de posts de escrita!

Silvares disse...

Obrigado pelas palavras acima.
Ah, o arroz ficou óptimo!
:-)