sexta-feira, abril 16, 2010

Comentários


Este post traz para a frente do blogue o conjunto de comentários a este outro, do dia 14 do corrente. A troca de ideias é uma coisa maravilhosa.


Eduardo P.L disse...
Mais uma vez: Esta faltando indignação, e quanto ação..., só agem os INDIGNADOS!INDIGNAI-VOS
11:55 AM
Eduardo P.L disse...
Seu post, por oportuno, foi para o Ladinho do Varal de hoje!Abçs
12:00 PM
Caçador disse...
O que vale é que temos um Plano de Estabilidade ou lá que merda é aquilo, e por isso ainda há fé.
1:09 PM
Tiago Alves disse...
Vi este cometário no YouTube, num dos vídeos relacionados com o da deputada e penso que se adequa ao post:" Hoje não é o estado que trabalha para o povo. O povo é que trabalha para o estado. Roubaram o que é nosso. "Será que é mesmo isto que anda a acontecer ? Será que andamos a trabalhar para Partidos, Estado ou até mesmo em nome de uma coisa que se chama "democracia" ?Lucro, lucro, lucro. Contas no fim do mês e PEC's para entreter. Números que ninguém percebe muito bem o que significam, vozes partidárias contra e a favor, a confusão chega a ser tal que acabamos por não querer saber. Deixa andar.E soluções ?Haverá melhor sistema que a democracia ? Mas aquela democracia a sério, não é esta dos partidos, políticos, analistas e libertinagem mascarada de liberdade de impressa que depois é censurada.Aquela a sério, aquela do "demo + kratos".
4:31 PM
Beto Canales disse...
A democracia é o pior sistema de governo que existe, exceto todos os outros
5:20 PM
Lina Faria disse...
Que roubaram nosso Estado de Direito se sabe.Também é facil falar em indignação e nada fazer vivendo em seus mundinhos elitistas.A Cidinha é ótima. Sempre foi e sempre soube do porque foi eleita.Acabo de discutir com um taxista sobre o direito humano. Como explicar que o carro está para servir o homem, por exemplo, e não o contrário?Que o objetivo do Estado é o homem, não ao contrário?Penso que a questão está, não no dna mas na formação de caráter, sim.Imagem instigante a ilustrar!
9:39 PM
Rui Sousa disse...
Rui, eu acho que há pessoas que criam ilusões e depois desiludem-se. Nunca ouvi ninguém dizer que a democracia era um poço de virtudes, antes pelo contrário, houve até quem dissesse que era o pior dos sistemas com excepção de todos os outros. As expectativas que cada um cria têm que ser geridas pelo próprio. A democracia é isto mesmo que nós temos, com todos os defeitos e virtudes, temos é que saber jogar o seu jogo. As regras são claras, todos nós sabemos como isto funciona… e é assim em todos os países, todos eles têm os mesmo problemas que nós temos aqui, só que há países que são mais ricos que outros e por isso quando o estado é fraco o país não se ressente tanto como em Portugal, porque a economia e a justiça continuam a funcionar ( vejam o caso da Itália ). Lembremo-nos que no inicio a democracia ( na Grécia ) até compreendia a existência de escravos e só uma elite participava ( nesse aspecto até evoluímos ). O problema é que hoje criamos uma classe média enorme na Europa e essa classe média tem a fasquia elevada. Como é que se sustenta uma sociedade assim? O mundo não aguenta. Basta dizer que na teoria somos todos contra a pobreza mas se algum dia a China ou a Índia tiverem ¼ da população a viver com se vive na Europa o mundo rebenta logo ( e se tiverem liberdade de expressão e puderem fazer greves, então ainda rebenta mais cedo do que pensamos )……. Mas que a Cidinha foi um verdadeiro “ show de bola “ como se diz no Brasil, lá isso foi. Venham mais como esse.
9:50 AM
Eduardo P.L disse...
Rui,vou ignorar o comentário dessa "senhora" que teima em me desafiar!INDIGNAI-VOS SIM! Estejam em que "mundinhos" estiverem.
1:07 PM
Silvares disse...
Eduardo, grato pela atenção. Estejamos em que mundinho estivermos, em volta haverá sempre o grande mundão que nos permite a tal indignação. Rimou!

Caçador, não há plano que nos valha enquanto a macacada andar à solta nesta selva.

Tiago, a democracia a sério ainda tem de ser inventada e só se poderá inventar se trabalharmos por ela. Diáriamente.

Beto, essa aí foi de Mr. Churchill, estou em crer. O facto de ser o melhor não significa que não tenha de ser melhorado! É que, sendo o melhor, ainda se parece demasiado com um monte de merda!

Rui, a democracia é uma espécie de "work in progress" e este "progress" não tem de significar, obrigatoriamente, consumo desenfreado. Na palavra democracia interessa-me particularmente o "demo".:-)
Lina, transformar o DNA social é um trabalho quase impossível. Quase, não totalmente.

10 comentários:

Eduardo P.L disse...

Rui,

não sei se sabe, mas tenho um blog que faz exatamente isso: COMENTÁRIOS QUE SÃO POSTS
http://comentariosque.blogspot.com/ ) e você me poupou trabalho. com sua permissão este post vai pra lá!

Eduardo P.L disse...

Em tempo:
A imagem (detalhe de sua obra) usada no LADINHO ( sidebar ) é a minha cara! Vou usá-la no meu perfil, com sua permissão, claro!

Beto Canales disse...

Realmente...

Rui Sousa disse...

Pois eu tb concordo que é uma espécie de " work in progress ",mas há 2000 anos a evoluir não deveriamos nós estar noutro patamar? É muito verdade que neste momento estamos reféns da consumodependência, mas para além desse factor não teremos nós espectativas também muito elevadas em relação a quase tudo? E se tivermos, é bom ou é mau? Uma pergunta que faço antes de mais a mim próprio....

Lina Faria disse...

Gente, fique claro que aqui dou minha opinião, como em outros blogs, sem ser nada pessoal.
Muita neura e egocentrismo da moçada enm vestir carapuças.
Putz, Silvares, não tivesse você postado e eu nem saberia a ira de quem se sentiu atingido. hahaha. Achei isso o mais divertido.

Eduardo P.L disse...

LI NA postagem anterior ( nos comentários ) alusão à Indignação! O resto é complexo, histeria e inveja. Se fosse eu, não FARIA mais provocações.

Lina Faria disse...

Gente, isso não é ringue de pugilismo, é o sitio do Silvares, uma das cabeças mais inteligente da net. Agora, isso é paranóia e ofensa rasteira e mal criada, chegando à beira da ameaça.
Não vou deixar de falar nada, Vestiu a carapuça?
O resto é ofensa aleatória.
Que coisa! como as pessoas se expõe!

Silvares disse...

Eduardo, eu sabia desse seu blogue sim. O Caçador, ontem à noite, comentou isso comigo. Ele disse que esse meu post parecia coisa do seu blogue. E tinha toda a razão, é claro. As boas ideias deixam de ser exclusivo de quem as tem. O povo tem direito a apropriar-se do que lhe parece bonito!
:-)
Quanto ao detalhe esteja à vontade. Como eu digo, o povo tem direitos sobre o que nada por aí...

Beto, a coisa pode pegar fogo...

Rui, 2000 anos, pelos vistos, são quase nada. Só não sei se a humanidade vai ter tempo de se cumprir a si própria. Talvez Deus não seja bom a fazer contas de cabeça e nos tenha dado pouco tempo de vida para podermos cumprir as nossas expectativas.

Lina, fico vaidoso com essa observação. Nunca me olhei a mim próprio como sendo uma cabeça inteligente (sempre fui uma nulidade em matemática) mas tenho a convicção de ter uma cabeça sensível, permita-se-me a pretensão.

Lina, Eduardo, por favor... prezo demais as vossas visitas a este lugar, não me agrada essa troca de comentários mas aceito-a com alguma mágoa. A hospitalidade tem destas coisas.

Lina Faria disse...

Peço sinceras desculpas, Silvares, em macular espaço tão cool.
Sinceramente, até cito essa minha preocupação, se for pra eu provocar alguém, uso meu sítio, não trocadilhos pueris.
Somos todos adultos. Obrigada pela advertência elegante.
"viver é afinar o instrumento", walter franco.

Silvares disse...

Lina, precisamente por sermos todos adultos podemos falar abertamente das coisas. Nem outra coisa eu desejaria no 100 Cabeças.
Esteja à vontade, como se esta fosse a sua casa.
:-)