sábado, fevereiro 26, 2011

Nota breve

Depois de ter lido 2666 devorei Estrela Distante e estou em trânsito n'O Terceiro Reich. A escrita de Roberto Bolaño é uma das coisas mais entusiasmantes que ultimamente apareceram na minha existência. Como não há palavras para descrever a obra de Bolaño fico por aqui e digo-te apenas, caríssimo visitante, experimenta.

4 comentários:

Eduardo P.L disse...

Depois dos DETETIVES SELVAGENS, estou no meio do O TERCEIRO REICH.Concordo com você! Nenhum escritor, em qualquer idioma, me produziu tamanho impacto como a literatura do Bolaño. Como descreve-la? Simples. Indescritível.

Anónimo disse...

sugere começar pelo Estrela, das obras do Bolaño? No próximo mês, férias escolares por aqui, acho que vou encomendar pela importadora, vamos ver. Gracias.
bjs
madoka

expressodalinha disse...

Vou comprar. Já agora leiam Primeira Guerra Mundial - História Concisa, de Normam Stone. Muito bom.

Silvares disse...

Eduardo, curioso estar a ler o mesmo livro que eu e andarmos mais ou menos a par. Quem sabe, estivemos a ler as mesmas frases no mesmo exacto momento! Parece coisa de uma história de... Bolaño!!!
:-)
Ainda não terminei o 3º Reich. Continuo à espera de perceber o que anda Udo a fazer com a sua vida...

Madoka, o 1º que li foi 2666 (mil páginas de literatura :-), depois li Estrela Distante, um livro bastante menos pesado (tem muito menos páginas) mas não menos denso. Agora vou no 3º Reich. Sinceramente não sei como possa aconselhá-la, experimente o que o instinto lhe ditar. Uma coisa as 3 obras têm em comum: são da melhor literatura que já me foi dado ler. Não será a melhor das publicidades mas é uma afirmação sincera.
:-)

Jorge,grato pela sugestão. Fica registada.