segunda-feira, julho 05, 2010

Futebol é nome de animal irracional


Futebol é nome de bicho que come caca e defeca ouro. Os humanos adoram o bicho, mas o bicho não parece estar muito comovido com esse amor que os humanos lhe dedicam. O Futebol teima em comportar-se de forma indisciplinada. Bem que os humanos tentam perceber o comportamento do animal mas, por muito que tentem, hão-de ficar sempre irritados com a forma como ele finge que dorme e não dorme, como ele finge que salta e fica quieto no lugar. Futebol é bicho feio. É bicho malandro.

Mas não há volta a dar-lhe, o amor que os humanos têm por essa alimária malcheirosa ultrapassa todas as fronteiras da racionalidade e acabam por lhe perdoar qualquer tropelia ou malfeitoria. Futebol é bicho mimado e malcriado.

Fico sempre esperando que o Futebol me dê uma alegria mas, no fim de contas, são mais as desilusões que os momentos de prazer. E não o deixo a dormir ao relento, como merecia, o sacaninha, acabo sempre por lhe abrir a porta e deitar alguns restos saborosos no pratinho da comida. E o Futebol volta sempre. Meloso, matreiro, enganador. Vive comigo, quer eu queira, quer não queira.

Um destes dias vou deixar o Futebol no meio da rua. Não lhe abro a porta, muito menos lhe abro o coração que já está dorido de tanto por ele sofrer. Há-de ganir e latir e pedir "por favor" que lhe abra a porta... e eu? Vou abrir, claro está, e pedir desculpa por ter imaginado que seria capaz de viver sem ele e por ter sido tão insensível. Volta Futebol, estás perdoado.

4 comentários:

Lina Faria disse...

E isso não é paixão?
Todos os sintomas, ônus e bônus, das grandes paixões.

Eduardo P.L disse...

Grandes imagens, a do ladinho, e a que ilustra este post! Pelo menos dão bons espetáculos para os fotógrafos!

luisM disse...

Ó pá muda para um desporto menos visível, assim como a natação, p.e.
É capaz de ser mais saudável, no sentido literal. Nem passa na TV! Ou apenas de 4 em 4 anos, nos Olímpicos.

Silvares disse...

Lina, é paixão, sim, mas é paixão não correspondida.

Eduardo, o futebol tem essa característica: proporciona imagens vigorosas!

Luís, nunca fui grande jogador de futebol mas nadador então... nem se fala.