terça-feira, março 20, 2012

Gramática

Recebi um e-mail com a seguinte lição: 
Curso Rápido de Gramática: 
- Filho da puta é adjunto adnominal, quando a frase for: ''Conheci um político filho da puta". 
- Se a frase for: "O político é um filho da puta", é predicativo. 
- Se a frase for: "Esse filho da puta é um político", é sujeito. 
- Porém, se apontares uma arma à testa do político e disseres: "Agora nega o roubo, filho da puta!" - é vocativo. 
- Finalmente, se a frase for: "O ex-ministro, aquele filho da puta, arruinou o país e não só" - é aposto. 
Que língua a nossa! 
Vejamos a seguinte frase: 
"Saiu de ministro e foi viver para França e ainda se acha o salvador da Nação." 
O "filho da puta" aqui é sujeito oculto...

Assim se aprende gramática.








8 comentários:

João Esteves disse...

Outra questão gramatical abordável na mesma linha:
o plural de filho da puta é 'filhos da puta' ou 'filhos das putas'
Só filhos se pluraliza necessariamente, já que muitos filhos da puta são da mesma confraria, e portanto irmãos.
Valeu a blogada cultural e divertida, Silvares.

Eduardo P.L disse...

Como essas senhoras são férteis e se proliferam. Aqui no Brasil também tem muitos filhos dela. A língua Portuguesa finalmente chegou a um acôrdo: puta é puta, e quanto a isso não há controversias, como diria meu amigo Ronaldo Werneck.

Li Ferreira Nhan disse...

rsrsrsrs
Ótimo!
Depois dos esclarecedores comentários acima não me resta nada a dizer!

expressodalinha disse...

Ainda bem que não conheço nenhum ministro. Assim conjugo tudo no condicional.

banzai disse...

hahahaha adorei o texto e os comentários dos seus amigos! Só a nossa bela língua portuguesa, e olha sempre tive dificuldade com vocativo, aposto e o diabo, agora acho que vai, ficou bem mais fácil de entender,rs...
madoka

Anónimo disse...

rsrsrs
Já agora subscrevo inteiramente o comentário da Madoka!
Li Ferreira Nhan

Eduardo P.L disse...

Rui,

veja o comentário da NOSSA leitora e amiga Madoka, referente à participação dos leitores do VARAL na nova brincadeira: " MEU RETRATO NO VARAL" :

Madoka Hikari Quero ver o seu varal Eli. Eduardo Penteado Lunardelli cobra o varal do nosso amigo 100 cabeças também ,rs...!!!

Esta COBRADO, Madoka! Uma pressãozinha sua ajuda!!!! srsr

Silvares disse...

João, as questões gramaticais são infindáveis!

Eduardo, hà questões linguísticas que não precisam de acordo especial, a vida encarrega-se de as definir e confirmar.

Li, estou com você!
:-)

Jorge, sorte a tua. E a minha...

Madoka, o que me vai valendo é o meu irmão (que me enviou o e-mail com esta lição). Ele é professor de Língua Portuguesa e sabe muito destas coisas.
:-D

Eduardo, vou espreitar essa "provocação". Tenho andado longe da zumbisfera e ainda não tive oportunidade de ver o que se tem passado nos NOSSOS blogues nos últimos dias.