segunda-feira, fevereiro 27, 2012

Transparente

 clicando nesta imagem poderás ler este excelentíssimo texto

Um gajo passa uns quantos dias sem publicar um post no blogue e, quando volta, sente-se como que transparente, a perder consistência, o corpo a diluir-se nas contravoltas do mundo virtual. É assim que me sinto, metade ausente, outra metade presente.

Gaguejo, hesito, não sei por onde começar a acabar o texto, dou pancadinhas no teclado, algo receoso.

Após esta conversa circular decido ir a direito, focando o discurso num assunto específico: o blogue Repórter à Solta, de Paulo Moura.

Quem lê o jornal Público deve conhecer bem este extraordinário cronista da magnificência absoluta deste nosso quotidiano banal e delirante que é o dia-a-dia.

O dia-a-dia de Paulo Moura tem muitas situações notáveis uma vez que ele percorre este mundo como se fosse o outro. Os seus textos não são "apenas" muito bem escritos. São mais coisas; coisas que se explicam muito melhor se o lermos.

Com a devida vénia e um agradecimento à mistura.

4 comentários:

banzai disse...

se não fosse vc não conheceria Paulo Moura e o seu herói Flândria. Lindo texto, amei. Vou começar a ler o blogue do Paulo, agradeço-te pela indicação. E não demores a postar no blog, pois quando volta dá nisso pancadinhas no teclado,rs...
madoka

Beto Canales disse...

muito bom

Silvares disse...

Madoka, Paulo Moura está em Moscovo a fazer a cobertura da campanha eleitoral para a presidência russa. Trabalho de 1ª qualidade.
O blogue dele tem alguns textos espectaculares. É daqueles blogues que pedem algum tempo para podermos dele desfrutar.

Beto,bons olhos o vejam!!! Este senhor é, de facto, muito bom!

expressodalinha disse...

Tb não conheço. Vou ver.