segunda-feira, janeiro 03, 2011

Amores sem fronteiras


Portugal sempre foi conhecido no estrangeiro pela forma como nós, os indígenas deste país, recebemos aqueles que nos visitam. Recebêmo-los com largos sorrisos e a esperança que eles gostem de nós.

Nem sempre são razões de interesse que estão na base dessa atitude. Parece-me um sentimento genuíno, alargado a uma grande parte da população. Talvez seja o facto de sentirmos que o nosso país é uma coisa atirada para um canto, perdido nos confins da Europa continental quase a caír no oceano. Tão próximos ficámos do Atlântico que passou a ser, também ele, parte do nosso chão e por aí fomos, a fugir dessa Europa madrasta que sempre pareceu escorraçar-nos.

Nos últimos tempos temos assistido a provas de simpatia extrema por parte dos nossos governantes. Primeiro foi o ministro da economia, Teixeira dos Santos, a ir dar umas beijocas e uns abraços aos amigos chineses. Agora o próprio Sócrates, esse expoente máximo do sorriso aberto (escrevi "aberto", não escrevi "franco") e primeiro entre os nossos ministros, foi mostrar a Dilma, a presidenta brasileira, como o Brasil é importante para nós e como Portugal pode ser importante para o Brasil.

Há por aí uns mal intencionados que sugerem que esta simpatia extrema dos nossos governantes não será genuína, que leva muita água no bico. Que serão a riqueza e a enormidade destes países, Brasil e China, que nos fazem sonhar com a vaga possibilidade de tirar Portugal do lamaçal económico em que se encontra atolado. Talvez... mas a gente até que gosta deles. Só esperamos, pelo menos, que eles gostem igualmente de nós.

6 comentários:

Eduardo P.L disse...

De nossa parte, o carinho e simpatia, são sinceros. E não há no mundo ninguém que trate os brasileiros como vocês!
Mas o assunto hoje no Brasil é outro: só se fala e se lê os tric-trics da posse! Desde os três pronunciamentos, ou foram dois? Ou foi só um, lido mais de uma vez? pela presidente que assumia, até a sombra que lhe fez a mulher de 27 anos do vice presidente! Um NOVO "avião" no planalto. Mas não era para conter despesas? E comparações com ela, e a primeira dama da França! Afinal, só bobagens! Governar, mesmo só depois do Carnaval, porque ninguém é de ferro!

Anónimo disse...

eu só quero falar que vi a posse da primeira mulher presidente do Brasil pelo youtube, e olha eu queria estar lá ao vivo em Brasília, me emocionei em vários momentos vendo pelo vídeo. Podem falar o que for, mas uma mulher no poder representa um avanço e tanto pra nós mulheres nesse país tão machista ainda. E só por isso me dá uma alegria danada mesmo.
madoka

Eduardo P.L disse...

Com licença do Rui, minha querida amiga Madoka, nas democracias republicanas pouco importa o gênero, e sim a capacidade de gerir o Estado. Sua postura FEMINISTA em nada contribui para melhorar o que chama de "país machista". E no Japão, onde a mulher anda a um metro atrás dos homens, o que é???? srsr

Anónimo disse...

Eduardo,
não sou defensora do feminismo nem nada, eu só falei que me emocionei muito, pensei em tantas coisas, principalmente de que o país melhorou, do quanto somos mais democráticos e é um momento cheio de esperança, bom é assim que vejo. É um momento histórico, é a primeira presidente mulher, o país não deixará de ser machista e outras coisas mais, mas é um passo importante, pra quebrar paradigmas, para as novas gerações crescerem acostumadas às novas possibilidades, eu comemoro sim. Eu desejo muita sorte pra Dilma, e temos muita esperança que ela faça um governo melhor ainda. Infelizmente aqui no Japão, a mulher ocupar cargos de chefia anda a passos de tartaruga, ainda ganhamos menos do que os homens, mas a nova geração tem conquistado seu espaço, é uma luta diária, é uma construção.
madoka

Silvares disse...

Eduardo, Madoka, pessoalmente inclino-me para aplaudir a eleição de uma mulher. Já aqui deixei um post em que sugeria que entregássemos o poder às mulheres. Os homens têm feito um trabalho desgraçado!

Grato pelas visitas e mais grato ainda por utilizarem este espaço para uma conversa e troca de argumentos.

Bom Ano Novo.

JAIRCLOPES disse...

Teu espaço é uma pérola entre as toscas pedras que a mediocridade espalha na blogsfera. Os leitores só têm a ganhar com um blog tão interessante. Parabéns pela bela alma que você tem.