quinta-feira, agosto 30, 2012

NYC

Nos últimos dias tenho tido esta imagem na janela do quarto. Nova Iorque, rua 46 com a nona avenida. Nova Iorque, a cidade das ruas perpendiculares às avenidas (o contrário também é válido), pejadas de gente em movimento e táxis amarelos. Gente que resume o mundo todo dentro desta cidade, gente de todas as cores, formas e feitios, gente com todos os aspectos e imagens. Nova Iorque.
Amanhã é dia de viajar no regresso a Portugal. Viagem longa e demorada que me vai pôr a cabeça um tanto retorcida. Quando se voa de um continente para outro o tempo fica confuso e quem paga é a nossa cabeça.
As férias aproximam-se do seu fim, voando sobre as nuvens.

6 comentários:

Li Ferreira Nhan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Li Ferreira Nhan disse...

Pois lendo isso agora, nesse mesmo instante pensei na minha filha em Portugal.
Se eu fosse ela talvez poderia escrever;
"Amanhã é dia de viajar no regresso ao Brasil. Viagem longa e demorada que me vai pôr a cabeça um tanto retorcida. Quando se voa de um continente para outro o tempo fica confuso e quem paga é a nossa cabeça.
O estágio não aproxima-se do seu fim, apenas foi interrompido em Lisboa. Continua no Brasil."
Mas eu não sou ela.

Acho que quando você chegar ao Portela ela estará saindo.
Pra você Rui te desejo um ótimo regresso carregado de energias renovadas!
Para minha filha quero abraça-la bem forte e demoradamente e dizer, vem ser feliz filha, aqui,
na tua terra!
Beijos


(foi eu a remover o anterior por conta de um erro ao digitar)

Eduardo P.L disse...

Rui, sem desmerecer as outras NY é a melhor cidade do mundo. Adoro!

expressodalinha disse...

Nunca fui a NY. Curiosamente não tenho qualquer curiosidade. Devo ser bronco. Boa viagem.

banzai disse...

Está em NY Rui?
Cidade multicultural, assim como SP é o mundo todo naquele caldeirão de misturas.
Conhece SP?
madoka

Silvares disse...

Li, oxalá esse abraço tenha sido como desejado.

Eduardo, estou tentado a concordar.

Jorge, quem gosta de cidades gosta de NY, é quase científico!

Madoka, já regressei a casa. Não conheço São Paulo, nunca viajei para o Brasil. Mas espero não morrer tão depressa, espero ainda ter tempo...

:-)