domingo, janeiro 29, 2012

Uma questão


Na monstruosidade reside, normalmente, uma certa possibilidade de beleza. Na perfeição raramente resta espaço para mais que não seja a sua contemplação.
Talvez uma coisa perfeita seja uma coisa acabada e uma aberração seja um universo de possibilidades em efervescência.
Um objecto que não anseie a perfeição poderá existir em eterna suspensão, à espera de quem lhe confira aquela dimensão maravilhosa que o haverá de resgatar e trazer à vida. Um objecto feio poderá ser belo. Um objecto belo nunca poderá ser outra coisa.
A arte é uma aberração?

4 comentários:

Eduardo P.L disse...

Se a ARTE é ou não uma aberração não sei dizer, mas hoje vou à minha dermatologista e não conheço nada tão lindo quanto seus traços, sua pele e sua pessoa! srsrsr Uma perfeição! Além de tudo jovem e boa médica! Nome só sob consultas!!!!srsrsr

jugioli disse...

Arte é interpretação, uma criação do já visto, dando um sentido a mais do que já foi revelado. e destas possibilidades surgem idéias, se belas ou feias, fazem parte deste universo. Eu acredito que sim!!

bjs

Silvares disse...

Eduardo, há quem diga ser Deus o Supremo Artista e, tendo Ele a responsabilidade de criar os seres humanos... se muitas obras perfeitas criou e haverá de criar (dermatologistas incluídas), muita aberração e coisa horrenda saiu daquela cabecinha pensadora...

Ju, o todo é constituído por partes que nem sempre encaixam na perfeição (ou nem encaixam, de todo).

expressodalinha disse...

Qual a relação entre dermatologia e arte? Se calhar há.