segunda-feira, janeiro 09, 2012

Blogue, blogue, blogue...

Uma notícia lida no Público online deixou-me a pensar na diferença entre verdade e realidade (tema que lembro de já ter aqui abordado, talvez mais do que uma vez). Nessa notícia fiquei a saber que um entendido nestas coisas dos blogues anunciou, vai já para 4 anos, mais coisa menos coisa, o fim da blogosfera (ler aqui).

Foi assunto de comunicação no IV encontro de blogues. Confesso que nunca me tinha apercebido que houvesse um encontro desta natureza e, mesmo que soubesse da sua existência, a minha preguiça motora decerto me teria impedido de lá ter ido encostar o esqueleto.

Talvez por isso (por ser preguiçoso e pouco participativo) não me apercebi do fim desta coisa. Nem eu nem, pelos vistos, muitos milhares (milhões!) de pessoas por esse mundo fora que, apesar das novas plataformas de convívio virtual, continuaram a "blogar" a despeito do fim da blogosfera. É que, apesar de ter o fim anunciado e o funeral organizado, o cadáver continua a bulir.

Poderemos então concluir que a bologosfera é um zombie? Estou em crer que assim é. A blogosfera é um zombie virtual cujo estranhíssimo corpo é constituído por ti, por mim, e por todos os outros que aqui vêm e aí vão e por aí andam, a arrastar os teclados pelos confins do espaço virtual.

Longa morte à blogosfera!

14 comentários:

Eduardo P.L disse...

Muito interessante. Levei para o Varal de amanhã!

Silvares disse...

Eduardo, é um assunto que tem sido muito debatido no varal. Fico contente por poder contribuir para a reflexão e sequente discussão.

Eduardo P.L disse...

Na verdade Rui quem ficou contente foi eu em saber que não é só o VARAL que anda em célere decadência! Quanto à discussão esquece. As parcas visitas não querem mais nem comentar por gentileza, muito menos travar debates mais profundos... O FB e assemelhados lhes satisfazem na superficialidade e aparente brilho social...
Mas como disse em seu texto: se acabou, deixaram de nos avisar, e por essa razão continuaremos nossa ingrata e funesta tarefa de blogar. Para quem? Para nossos umbigos como sempre foi. Antes com platéia e coadjuvantes. Agora solo e só!

Silvares disse...

É isso mesmo Eduardo, quem "sofre" são os nossos umbigos!
:-)
Abraço blogueiro.

peri s.c. disse...

Acabou ? Não me avisaram também . Temos menos tempo para eles, claro .
Ficamos mais inconstantes e mais lacônicos em nossas visitas.
Mas que o blog é muito mais divertido e consistente ainda é.
E como tem menos gente nos lendo, na verdade jogamos nossas pretensiosas pérolas para menos porcos ...

Li Ferreira Nhan disse...

Boa noite amigo Zumbi,
continuo por aqui.
:)

Mauro Castro disse...

Meu blog também teima em não bater as botas...

Belo texto. Vou postar no Face hahahahah
Há braços!!

expressodalinha disse...

O anúncio da morte da blogoesfera foi manifestamente precipitada.

Diz disse...

RS tb sou um zumbi... tenho postado muito pouco pq há, hj, mto menos leitores e eu desanimo- mas adoro blogar. Tb vou falar sobre isso. Mas o q me desestimulou foi uma pessoa q ia e me agredia sempre- passei a me policiar demais e ai é desestimulante.
Parabéns aos que sobrevivem- amo o varal e cia. e tts outros blogs. abs aos companheiros fantasmas.
:)

Eduardo P.L disse...

Rui, e não é que RENDEU um debatezinho!!!!! Parabéns por ter provocado e levantado o tema, que apesar de velho, sempre mais oportuno...

Silvares disse...

Peri, continue lançando suas pérolas.
:-)

Li, por aqui há sempre algo para um zumbi que goste de zumbiar.
:-D

Mauro, força, bater as botas só em número de sapateado!
:-)

Jorge, absolutamente de acordo. Há sempre alguém disposto a decretar o futuro mas, neste caso, o profeta não acertou!

Diz, minha cara colega zumbi, nesta semi-vida de bloguer há momentos aborrecidos e personagens estúpidas. Aqui há uns anos (não lembro quando) o 100 Cabeças chegou a ter rótulo de blogue pornográfico. Fiquei furioso e a coisa acabou por se resolver a semi-vida continua. Não desista por haver burros na linha. Eles existem mas não contam grande coisa.

Eduardo, já tinha alguma saudade de um debatezinho assim.
:-)

the dear Zé disse...

eh pá, que ia deixando passar esta

é só para dizer que daqui do fundo do meu túmulo ainda vou escoicinhando e isso

o caradelivro veio fazer concorrência aos belogues, mas mais, parece-me, àqueles do tipo querido-diário-e-o-meu-bébe-é-tão-lindo-e-as-fotos-do-meu-cão e essas coisas, de modo que o que sobra tem mais qualidade (ou não é nada disto e é só um feeling)

ciao

Silvares disse...

Dear Zé, quem fala assim não é gago. E, mesmo que fosse gago, quem fala assim fala. Mais nada!

George Sand disse...

E eu que insisto em descobrir novos blogs!!!