domingo, outubro 28, 2012

Visitação


O Dear Zé está hospitalizado. Uma hérnia discal daquelas de deitar um gajo abaixo vai levá-lo até à mesa de operações. Ontem fui visitá-lo e encontrei-o com uma boa disposição animadora. Isto de ser aberto pelo bisturi de um médico parece ser coisa trivial.

Como nunca me abriram o corpo com objectos destilados (pelo contrário, tiveram de fechá-lo algumas vezes à força de agulhas e linhas) não sei o que seja esperar deitado pelo dia da operação.

O quarto onde está o nosso caçador de imagens tem mais  duas camas. Ontem, à boa maneira portuguesa, o espaço acanhado transbordava visitas que excediam largamente o limite virtualmente admitido pelas regras do hospital. Como seria de esperar era um palratório matraqueante que muito parecia animar os doentes.

Isto ainda antes da hora marcada para o início das visitas. Umas empadinhas, uns bolinhos, um cházinho, a espera é feita destas coisas. O aligeirar das regras decerto contribui para a tal boa disposição que me pareceu descortinar no rosto do Zé, o Dear Hunter. Por sorte, os companheiros de quarto também tinham visitas fora de horas e não aparentavam sinais de enfado por terem o espaço apinhado de gente.

Entretanto chegou a hora das visitas e pareceu-me oportuno sair. "Vá lá, Zé, vê se te pões mas é daqui para fora; a deixares crescer assim a barba quando fores para o bloco operatório o médico ainda vai pensar que está a abrir o Karl Marx!"

E pronto, quando saí do quarto e atravessei a porta que dá para o corredor havia uma verdadeira multidão a aproximar-se. Parecia a batalha de Aljubarrota! Afinal de contas estava na hora da visita.

(Força Zé).


7 comentários:

expressodalinha disse...

Tudo a correr bem, são os meus votos.

Eduardo P.L disse...

Desejo ao meu amigo virtual que tudo corra bem e que esteja caçando o mais breve possível. Mas é sempre assim, um dia é da caça outro do caçador.

Forte abraço

Anónimo disse...

Ai caramba!
Estou aqui, do outro lado do oceano torcendo para que tudo corra bem com o Dear Zé querido (com redundância e tudo mesmo porque ele merece).
Força e beijos e beijos!
Obrigada Rui por nos manter informados.
Li Ferreira Nhan

(Quando estou sem o celular não entro com o endereço do email portanto venho anônima. Digo, quase.)

Silvares disse...

O dear Zé agradece as palavras de incentivo. A operação foi antecipada! A faca vai cortar esta tarde...

Anónimo disse...

Que a faca esteja bem afiada, os olhos bem abertos, a mão muito certeira e que tudo corra muito, muito bem!
Confia!
Mais beijos Dear!


Vou ao mar salgar um pouquinho. Não levo a internet comigo, mas se aparecer algum computador entro pra ver se há notícias.
Muito obrigada Rui!
Li Ferreira Nhan


(o desenho do ladinho...ui!)

Paula Rosa disse...

Força Zé!
Correu tudo bem? Espero que sim.
Rui, dá-lhe um abraço por mim.

Silvares disse...

Amigos e amigas, tenho comunicado com o Zé por SMS uma vez que ele está para ser operado há vários dias. É hoje mas... afinal é só amanhã. Ontem ainda não tinha sido operado, hoje talvez, ainda não sei. O Serviço Nacional de Saúde é um caos e ainda... funciona. Não sei como será num futuro próximo, quando deixar de funcionar...